drone com avião

Criando um sistema antidrone para aeroportos

Quando um drone é detectado no espaço aéreo, pode ser uma ameaça para os aeroportos. Mas com um sistema antidrone e com estratégias de contramedidas implementadas, os operadores podem evitar interrupções na pista e no espaço aéreo.

Ameaças da tecnologia de drone

homem olhando para um drone

Segundo especialistas em aviação, o perigo representado pelos drones é real. Os danos catastróficos causados quando um drone colide com um avião ou quando uma organização terrorista usa drones armados apresenta uma clara ameaça à segurança dos aeroportos. Ao mesmo tempo, o risco de ocorrer um incidente com um drone está aumentando porque o número de drones com controle remoto para uso privado, incluindo veículos aéreos equipados com vídeo, agora está em um nível mais alto. Sem um protocolo claro ou tecnologia apropriada implementados, os aeroportos ficam vulneráveis a futuras interrupções dispendiosas, incidentes e possíveis violações de segurança.

Então, quem é o responsável quando há um incidente com um drone no aeroporto? Embora o gerente de segurança seja a resposta óbvia, o problema é realmente muito mais complexo. Os incidentes com drones afetam os aeroportos em três níveis: segurança, proteção e operações. 

1.000 voos cancelados

O Aeroporto de Gatwick lidou com voos cancelados e 140.000 passageiros retidos em 2018, quando um drone foi avistado no espaço aéreo.

Determinar a responsabilidade quando um drone é detectado

homem falando ao microfone

Um incidente com um drone causa uma reação em cadeia no aeroporto. Os gerentes de segurança têm jurisdição quando um drone próximo à pista põe em risco a segurança de passageiros e tripulantes nos aviões de partida, na aterrissagem e durante o voo. Os gerentes operacionais se encarregariam dos casos de cancelamento de voos para evitar perda de receita para as companhias aéreas. Os passageiros presos no terminal tornam-se um problema de segurança para o gerente de segurança, porque são um alvo fácil para o terrorismo. No entanto, essas situações complexas exigem que todos os departamentos relevantes do aeroporto sejam informados e tenham protocolos em vigor. 

“Em vez de trabalhar separadamente, uma discussão conjunta interdepartamental sobre como lidar proativamente com os drones pode ser implementada. Isso poderia até ser acionado proativamente pelo departamento de segurança”, diz Maarten Wings, Gerente Vertical Global de Aeroportos da Bosch Security Systems. “Considerando a enorme interrupção operacional, danos à reputação, insatisfação dos passageiros e riscos de segurança causados por incidentes com drones, os aeroportos precisam montar uma resposta estratégica a essa ameaça crescente, que afeta todos os departamentos pertinentes.”  

A tecnologia antidrone atende ao sistema de segurança de perímetro

avião com uma cerca de perímetro

A boa notícia para as operadoras aeroportuárias é que já existe uma tecnologia de contra-ataque no mercado. No entanto, apenas o uso da tecnologia de radar para detectar drones pode fazer com que os gerentes de segurança percam um ponto de vista crítico. Uma perspectiva visual permite que os operadores façam uma avaliação das ameaças para determinar se um drone pode estar carregando um objeto estranho (por exemplo, câmeras ou explosivos).

Ao criar medidas de segurança e proteção colaborativas, os aeroportos podem detectar e reagir melhor aos drones. Câmeras instaladas ao longo da cerca do perímetro do aeroporto podem ser integradas à tecnologia de radar. Quando o radar é acionado, o software retransmitirá as coordenadas tridimensionais para a câmera de segurança montada em solo mais próxima para confirmar que o objeto é um drone e, nesse caso, monitorará seu curso.

Considerando a enorme interrupção operacional, danos à reputação, insatisfação dos passageiros e riscos de segurança causados por incidentes com drones, os aeroportos precisam montar uma resposta estratégica a essa ameaça crescente, que afeta todos os departamentos pertinentes.

Maarten Wings
avião com uma cerca de perímetro

A integração do sistema de detecção de radar com alta definição câmeras já foi colocada em prática. Criticamente, a integração de soluções de segurança no espaço aéreo com proteção no perímetro não é apenas mais eficaz para os aeroportos, mas também é mais eficiente do ponto de vista econômico. Agora, a pressão está nos aeroportos para se prepararem para todos os cenários. Porque quando um drone ultrapassa um perímetro, existem dois tipos de aeroportos: aqueles com detecção de intrusão em tempo real e protocolos de resposta interdepartamental em vigor, e os que são pegos completamente de surpresa.

Maarten Wings

Maarten Wings

Aeroportos de gerenciador vertical global

“As salas de controle 'inteligentes' do futuro poderão automatizar os processos de segurança pessoal e patrimonial e também aproveitar insights acionados por dados. O que nosso setor precisa fazer acontecer é mudança de mentalidade, deixando de ver a câmera de segurança como fonte da imagem, passando a ver como sensor de dados.”

A Bosch tem mais de 300 aeroportos na base de clientes. Com coordenação global de compartilhamento de melhores práticas e várias visitas pessoais ao aeroporto, consigo fornecer soluções de trabalho sustentáveis e eficientes para ajudar os aeroportos a atenderem às metas. Por ser membro ativo do Airports Council International (ACI), represento a Bosch como parceira de tecnologia para aeroportos. Interessado? Conecte-se comigo por e-mail ou LinkedIn.

E-mail: Maarten.Wings@bosch.com

Compartilhar isto no:

Tendências & Tecnologias

Foi para você, usuário, responsável pela segurança ou pelas soluções de comunicação que nós criamos a nossa nova central de informações. E foi pensando em você que nós criamos esta revista cujo objetivo é suscitar novas perspectivas, fornecer informações sobre tendências que podem lhe ser úteis, além de apoiar você na inspiração de novas ideias para soluções melhores e mais eficazes.